Avaliação do Nível de Maturidade no Gerenciamento de Projetos em uma Instituição de Pesquisa Clínica

Ivanei Edson Bramati

Resumo


No decorrer da última década, houve um crescimento considerável no número de pesquisas realizadas no Brasil nas mais diversas áreas do conhecimento. Muito deste crescimento se deve a iniciativas de empresas privadas em aumentar os investimentos em pesquisas, criando núcleos, centros e institutos de pesquisa especializados, como no caso de um instituto de pesquisa clínica. Em razão da crescente concorrência neste setor e na busca por melhores resultados, as instituições financiadoras privadas passaram a exigir um nível de eficiência em projetos cada vez maior. Entretanto, muitas destas novas instituições não fazem uso de metodologias e práticas sistematizadas em gerenciamento de projetos (GP), gerando resultados insatisfatórios. Esta carência metodológica vem acompanhada de um baixo nível de maturidade em GP. Desta forma, faz-se necessário a implementação e uso de ações gerenciais encadeadas e sistematizadas, incluindo reformulações dos seus processos, além da criação de indicadores gerenciais específicos para instituições de pesquisa. Espera-se que, por meio do uso de uma metodologia adequada e da implementação das suas principais técnicas, possa-se elevar o grau de maturidade em GP, incorporando processos otimizados que conduzam à obtenção de melhores resultados nos projetos de pesquisa clínica, contribuindo com o desenvolvimento de uma nova aplicação para a metodologia de GP.

DOI:10.5585/gep.v4i1.124


Palavras-chave


Pesquisa Clínica e Desenvolvimento; Nível de Maturidade em GP; Metodologia em GP.

Texto completo:

PDF

Referências


Archibald, R. Managing High Technology Programs and Projects. 3rd edition, New York, John Wiley & Sons, 2003.

Berg, P. Assessment of quality and maturity level of R&D. International Journal of Production Economics, Volume 78, Issue 1, Pages 29-35, 2002.

Cooke-Davis, T., Arzimanow, A. The Maturity of Project Management in Different Industries. International Journal of Project Management, England, 2003.

Kangis, P., Kelley, L. Project Leadership in Clinical Research Organisations. International Journal of Project Management, Volume 18, Issue 6, Pages 393-401, England, 2000.

Kerzner, H. Strategic Planning for Project Management using a PM Maturity Level. Wiley, 2001.

Prado, Darci. Gerenciamento de Portfólios, Programas e Projetos nas Organizações. Nova Lima: INDG, 2009.

Prado, Darci. Maturidade em Gerenciamento de Projetos. Nova Lima: INDG, 2010.

Prado & Archibald. Pesquisa sobre maturidade e sucesso em gerenciamento de projetos de sistemas de informação (software). www.maturityresearch.com, 2010.

PMI - Project Management Institute. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). 4.ed. Pennsylvania: PMI, 2008.

Rabechini Jr., R.; Carvalho, M.M.; Laurindo, F.J.B. Fatores críticos para implementação de gerenciamento por projetos: o caso de uma organização de pesquisa. Revista Produção, São Paulo: ABEPRO, v.12, n.2, p.28-41, maio/ago. 2002.

Rabechini Jr., R., Pessoa, M. S. Um modelo Estruturado de Competências e Maturidade em Gestão de Projetos. Revista Produção. Escola Politécnica, USP, 2005.

Saunders, R. Project Management in R & D: the Art of Estimating Development Project Activities. International Journal of Project Management, England, 2002.

Xavier, Carlos M. S. Metodologia de Gerenciamento de Projetos no Terceiro Setor: Uma estratégia para a condução de projetos. Rio de Janeiro: Brasport, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional