A Identificação e Mitigação de Riscos em Projetos de Desenvolvimento Rápidos de Jogos Digitais

Irapuan Glória Junior

Resumo


A crescente utilização de projetos de desenvolvimento rápido de jogos digitais promove a necessidade de identificação de riscos para auxiliar no sucesso destes projetos. O intuito deste trabalho está na identificar os riscos em projetos de desenvolvimento rápido de jogos digitais, em estabelecer uma possível relação com os riscos identificados na literatura e propor mitigações para os riscos encontrados. O caráter da pesquisa foi exploratório, com a aplicação de uma revisão sistemática da literatura e entrevistas semi-estruturadas. Os resultados incluem uma lista com 19 riscos identificados, sua relação com a literatura e 5 propostas de mitigações dos riscos identificados. Como implicação teórica estão uma lista de riscos a serem estudados e como aplicação prática está na utilização em projetos de desenvolvimento rápidos em jogos digitais por gerentes de projetos, líderes de equipes e similares.

Palavras-chave


Projeto de TI; Jogos Digitais; Riscos; Gerenciamento de Riscos; JAM

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAGAMES (2015). Associação Brasileira de Games. Recuperada em 1 Maio, 2015, de www.abragames.org

ACIGAMES (2015). Associação Industrial e Comercial de Games. Recuperado em 1 Maio, 2015, de www.acigames.com.br

Alao, Esther Monisola, &Adebawojo, Oladipupo (2012), Risk and Uncertainty In Investiment Decisions: An Overview. Arabian Journal of Business and Management Review (OMAN Chapter), Vol. 2, No.4, p.53-64

AXELOS Global Best Practice [AXELOSa] (2014). IT Infrasctructure Library Version 3 – Service Design. London: Stationery Office.

AXELOS Global Best Practice [AXELOSb] (2014). IT Infrasctructure Library Version 3 – Service Transition. London: Stationery Office.

Beck, K., Beedle, M., van Bennekum, A., Cockburn, A., Cunningham, W., Fowler, M., Grenning, J.,Highsmith, J., Hunt, A., Jeffries, R., Kern, J., Marick, B., Martin, R.C., Mellor, S., Schwaber, K., Sutherland, J. and Thomas, D. (2001). Agile Manifesto. Disponível em http://www.agilemanifesto.org/

BNDES, Relatório Final do Mapeamento da Indústria Brasileira e Global de Jogos Digitais até Fevereiro/2014. Recuperado em 1 Abril, 2015, de http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/seminario/seminario_mapeamento_industria_games042014_Relatorio_Final.pdf

Boehm, Barry W. (1991) Software Risk Management: Principles and Practices, IEEE Software, 32-41.

Fowler, A., Khosmood, F., & Arya, A. (2013, May). The evolution and significance of the Global Game Jam. In Proc. of the Foundations of Digital Games Conference (Vol. 2013).

GGJ (2015). Global Game JAM. Recuperado em 1 Maio, 2015, de http://globalgamejam.org

Gil, Antonio Carlos (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 6 ed.

GIT (2015). GIT. Recuperado em 8 Abril, 2015, de http://git-scm.com/

Glória Júnior, I., & Chaves, M. (2014). Novos riscos para a gestão de projetos de tecnologia da informação com equipes locais, Iberoamerican Journal of Project Management, 5(2), 16-38.

Glória Júnior, I., Oliveira, R., & Chaves, M. (2014). A Proposal for Using Web 2.0 Technologies in Scrum, ECIS - European Conference on Information Systems, 1 16.

Hartono, B., Sulistyo, S. R., Praftiwi, P. P., & Hasmoro, D. (2014). Project risk: Theoretical concepts and stakeholders' perspectives. International Journal of Project Management, 32(3), 400-411.

IPMA (2006), International Project Management Association - National Competence Baseline 3.0, International Project Management Association.

IT Governance Institute [ITGI] (2007). COBIT 4.1- Control Objectives for Information and related Technology 4.1, Illinois: Governance Institute.

Kerzner, Harold (2011). Gerenciamento de Projetos - Uma Abordagem Sistêmica para Planejamento, Programação e Controle (10ª. Ed), São Paulo: Blucher.

Martins, G. A., & Theóphilo, C. R. (2009), Metodologia da Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas (2ª. ed). São Paulo: Atlas.

Microsoft (2015). Microsoft Corporation. Recuperado em 8 Abril, 2015, de www.microsoft.com.br

Perucia , Alexandre Souza; Berthêm, Antônio Córdova; Bertschinger, Guilherme Lage; Menezes, Roberto Ribeiro Castro (2007). Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos Teoria e Prática. Novatec, 2 Ed.

Pinna, M. C. C. de Abreu, & Arakaki, R. (2009), Arquitetura de Software: Uma Abordagem para Gestão de Riscos em Projetos de TI, Integração, Ano XV, Nr.57, 111-120

Pressman, R. (2011). Engenharia de Software (6ª. Ed.), São Paulo: McGraw-Hill.

Project Management Institute [PMI]. (2012) PMBOK Guide – A guide to the Project Management Body of Knowledge, 5th ed., Newton Square: PMI.

Saccol, Amarolinda Zanela (2009). Um retorno ao básico: compreendendo os paradigmas de pesquisa e sua aplicação na pesquisa em Administração. Brazilian Journal Management. 2(2), 250-269.

Sarker, Suprateek, Xiao, Xiao, Beaulieu, Tanya (2012). Towards an anatomy of "successful" qualitative research manuscripts in IS: a critical review and some recommendations. ICIS - International Conference on Information Systems, 1-21.

Sauser, B. J., Reilly, R. R., & Shenhar, A. J. (2009), Why projects fail? How contingency theory can provide new insights – A comparative analysis of NASA’s Mars Climate Orbiter loss. International Journal of Project Management, Vol. 27.

Smyth, H.J., Morris, P.W.G. (2007). An epistemological evaluation on research into Project and their management: methodological issues. International Journal of Project Management, 25, 423-436.

Sommerville, I. (2011). Engenharia de Software. 9a ed. São Paulo: Pearson Education.

Yamane, S. (2013). Adaptability of the Global Game Jam: A Case Study in Japan. In Proceedings of the 8th International Conference on the Foundations of Digital Games

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional