Correlação entre o Nível de Engajamento das Equipes de Projeto e o Desempenho em uma Empresa Pública Estruturada por Projetos

Flávio Lima Constâncio, João Souza Neto

Resumo


Estudos afirmam que ter as partes interessadas engajadas de um projeto refletem diretamente no seu sucesso. Este trabalho teve como objetivo identificar a correlação entre o nível de engajamento das partes interessadas (equipe de projeto) e o desempenho de projetos. Para atingir o objetivo de pesquisa foi aplicado um questionário para medir o nível de engajamento das partes interessadas de projetos em uma instituição de pesquisa estruturada por projetos e foi calculada a correlação com o índice de desempenho dos projetos, gerado a partir de dados operacionais extraídos da gestão dos projetos da instituição. Os resultados encontrados mostraram, na organização pesquisada, que não há uma relação direta entre o nível de engajamento das partes interessadas e o desempenho dos projetos. 


Palavras-chave


Engajamento das partes interessadas. Desempenho de Projeto.

Texto completo:

PDF

Referências


Abboubi, M., & Cornet, A. (2012). Towards a Dynamic Stakeholder Management framework for CSR Certifications. International Journal Of Business And Social Science, 1-12.

Aladwani, A. M. (2002). An Integrated Performance Model Information Systems Projects. Journal Of Management Information Systems, 185-210.

Barboza Filho, F. U. N,, Carvalho, M. M., & Ramos, A. W. (2009). Gerenciamento de projetos: o impacto do uso dos indicadores de desempenho no resultado do projeto. Produto & Produção, 38-53.

Belout, A., & Gauvreau, C. (2004). Factors influencing project success: the impact of human resource management. International Journal of Project Management, 1-11.

Beware. (10 de maio de 2015). 607 Indicadores Chave de Performance. Fonte: BEWARE: http://beware.com.br/arquivos/indicadores-chave-de-desempenho-KPI-Gerenciamento-de-Projetos-Programas-e-Portfolio.pdf

Carvalho, M. M., & Junior, R. R. (2005). Construindo Competências para Gerenciar Projetos: Teorias e Casos. São Paulo: Atlas.

Dantas, Fernando Santos. Situação Das Organizações Quanto Ao Uso Do Portfólio De Projetos Como Mecanismo De Promoção Do Alinhamento Com A Estratégia. 2013. 150 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Gestão do Conhecimento e Tecnologia da Informação, Universidade Católica de Brasília, Brasilia, 2013.

De Wit, A. (1988). Measurement of Project Success. Journal of Project Management.

Dinsmore, P. C., & Cabannis-Brewin, J. (2009). Manual de gerenciamento de projetos. Rio de Janeiro: Brasport.

Ferreira, H., Cassiolato, M., & Gonzalez, R. (2009). Uma experiência de desenvolvimento metodológico para avaliação de programas: o modelo lógico do programa segundo tempo. Rio de Janeiro: Ipea.

Freeman, R. Edward.. Strategic management: A stakeholder approach. Cambridge: Cambridge University Press, 2010.

Gao, S. S., & Zhang, J. J. (2006). Stakeholder engagement, social auditing and corporate sustainability. Business Process Management Journal, 722-740.

Henderson, J. C., & Lee, S. (1992). Managing I/S design teams: a control theories perspective. Management Science, 757-777.

Jones, T. M.; Wicks, A. C; Freeman, R. E. Stakeholder theory: the state of the art. In The Blackwell Guide to Business Ethics, Bowie NE (ed). Blackwell Publishers: Oxford; 19–37. 2002.

Luu, V T., Kim, S., & Huynh, T. (2008). Improving project management performance of large contractors using benchmarking approach. International Journal Of Project Management. 758-769.

Muscat, R. N., & Fleury, A. C. C. (2000). Indicadores da Qualidade e Produtividade na Indústria Brasileira. Revista Indicadores da Qualidade e Produtividade.

Peterson, H. C. (2013). Fundamental Principles of Managing Multi-stakeholder Engagement. International Food And Agribusiness Management Review.

PMI. (2003). PMBoK: The Standard for Program Management. Pennsylvanua: Project Management Institute.

Qureshi, T. M., Warraich, A. S., & HijazI, S. T. (2009). Significance of project management performance assessment (PMPA) model. International Journal Of Project Management, 378-388.

Robey, D., Smith, L. A., & Vijayasarathy, L. R. (1993). Perception of conflict and success in information systems development projects. Journal Of Management Information Systems, 123-139.

Savage, G.t. et al. Strategies for assessing and managing organisational stakeholders. Academy Of Management Executive, v. 5, n. 2, p.61-75, 1991.

Schaufeli, W. B., Bakker, A. B., & Salanova, M. (2006). The Measurement of Work Engagement With a Short Questionnaire A Cross-National Study. Sage, 701-716.

Shenhar, A. J. (2004). Strategic Project Leadership. Toward a strategic approach to project management. R&d Management, 569-578.

Shimakura, S. (15 de ago de 2015). Bioestatística avançada I. Fonte: UFPR: http://leg.ufpr.br/~silvia/CE701/ce701.html

Smith, N. C., Ansett, S., & Erez, L. (2011). How Gap Inc. engaged with its stakeholders. Mit Sloan Management Review, 69-76.

Terribili Filho, A. (15 de fev de 2015). A escolha dos indicadores de desempenho. Fonte: Artigonal: http://www.artigonal.com/ger-de-projetos-artigos/a-escolha-dos-indicadores-de-desempenho-dos-projeto

Walker, D. H. T., & Rowlinson, S. (2008). Procurement Systems: A cross-industry project management perspective. London And New York: Taylor & Francis Group.

Wefald, A. J., Mills, M. J., Smith, M. R., & Downey, R. G. (2012). A Comparison of Three Job Engagement Measures: Examining their Factorial and Criterion-Related Validity. The International Association Of Applied Psychology, 67-90.

Yang, J., Shen, G. Q., Ho, M., Drew, D. S., & Xue, X. (2011). Stakeholder management in construction: An empirical study to address research gaps in previous studies. International Journal Of Project Management 900-910.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional