Gerenciamento Ágil de Projetos em Desenvolvimento de Software: Um Estudo Comparativo sobre a Aplicabilidade do Scrum em Conjunto com PMBOK e/ou PRINCE2

Letícia Marques Vargas

Resumo


A gerencia de projetos de desenvolvimento de software, em ambientes de constante transformação, demanda a utilização de métodos flexíveis de gestão de projetos. Os métodos ágeis surgiram como uma alternativa as abordagens tradicionais de gerenciamento de projetos, sendo baseado em uma série de doze princípios que tem como premissa a rápida resposta ao desenvolvimento, deixando documentação e o planejamento não essencial em segundo plano. Essa mudança de visão popularizou diferentes frameworks, todos em busca do desenvolvimento com qualidade e agilidade. O Scrum se destaca entre os gerentes de projeto ágeis por ter uma linguagem clara e passos definidos de implementação, podendo ser utilizado sozinho ou em conjunto com outros métodos. Nesse sentido o presente estudo busca comparar a compatibilidade entre o Scrum e dois métodos de gestão de projetos: PMBOK e o PRINCE2. Ambos métodos são originados do conhecimento empírico de inúmeros gerentes de projeto, e têm como objetivo serem guias de boas práticas para todo tipo de projeto, entretanto possuem peculiaridades que engessam o desenvolvimento na área da tecnologia da informação.  A pesquisa tem como foco principal a gestão ágil de desenvolvimento de software, sendo o Scrum o ponto central da análise.


Palavras-chave


Scrum; Desenvolvimento Ágil de Software; PRINCE2; PMI; Gestão de Projetos.

Texto completo:

PDF

Referências


Arnal, J., Del Rincón, D. & Latorre A. (1994) Investigación educativa: fundamentos y metodologia. Barcelona: Labor.

Beck, K., Cunningham, W., Hunt, A., Martin, R.C, Thomas, D., Beedle, M., Fowler, M., Jeffries, R., Mellor, S., Bennekum, A. V., Grenning, J., Kern, J., Schwaber, K. Cockburn, A., Highsmith, J., Marick, B., & Sutherland, J. (2001). Manifesto for Agile Software Development. Recuperado em 12 outubro 2016, de http://agilemanifesto.org/

Brod, C. (2013) ScrumScrum Guia Prático para Projetos Ágeis. (2a. ed.) São Paulo: Novatec Editora.

Canaltech. (2015) O que é open source?. Recuperado em 12 novembro, 2015 de http://canaltech.com.br/o-que-e/o-que-e/O-que-e-open-source

Castro, C. M. (1978) A prática da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil.

Cervo, A. L., Bervian, P. A. & Silva, R. (2007) Metodologia científica. (6a. ed.) São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Chizzotti, A. (2003) Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. Petrópolis: Vozes.

Cruz, F. (2013). ScrumScrum e Guia PMBOKPMBOK unidos no gerenciamento de projetos. Rio de Janeiro: Brasport.

Cruz, F. (2015) Introdução do Prince 2. Recuperado em 13 novembro, 2015 de http://www.fabiocruz.com.br/oprince2PRINCE2 da Silva, E., & Lovato, L. (2016). Framework Scrum: Eficiência em Projetos de Software. Revista de Gestão e Projetos - GeP, 7(2), 01-15. doi:http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Fernandez, K., Garrido, A., Raminez, Y., & Perdomo, I. (2015). PMBOK y PRINCE 2, simi-litudes y diferencias. Revista Científica, 23, 111-123. Doi: 10.14483/udistrital.jour.RC. 2015.23.a9

Graham, N. (2009). PRINCE2PRINCE2 for Dummies. (2a. ed.) EUA: John Wiley & Sons.

Jamali, G. & Oveisi, M. (2016). A Study on Project Management Based on PMBOK and PRINCE2. Modern Applied Science, 10(6), 142-146.

Kardec, M. S. (2012). Estudo de Compatibilidade entre PMBOK e Scrum. Revista Tecnologias e Projeção, 3(1), 1-7. Machado, M., & Medina, S. G. (2009) Scrum – Método Ágil Uma mudança cultural na gestão de projetos de desenvolvimento de software. Revista Científica Intraciência, 1(1): 58-71.

Ludke, M, & Andre, M. E. D. A. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: E.P.U.

Magalhães, G. (2005). Introdução à metodologia científica: caminhos da ciência e tecnologia. São Paulo: Ática, 2005.

Martin. W. (2010). Agile Business Case management. [Blog] Retrieved November 25, 2015, from http://www.borselaer.org/index.php/2010/03/whitebook-prince2PRINCE2-combined-with-scrumScrum.

Mascarenhas, S. A., (2012) Metodologia científica. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Maximiano, A.C.A. (2008). Administração de projetos: como transformar idéias em resultados (3a. ed.). São Paulo: Atlas.

Meredith, J.R., & Mantel, S.J., Jr. (2000) Project Management: a managerial approach (4nd ed.) New York: Wiley.

Miles, M. B. & Huberman, M. A. (1994) Qualitative data analysis. (2nd.ed.) London: Sage.

Miletto, E. M., & Bertagnolli, S. C. (Org) (2014). Desenvolvimento de software II: Introdução ao desenvolvimento com HTML, CSS, JavaScript e PHP (Dados eletrônicos). Porto Alegre: Bookman.

Minayo, M. C., (1993). O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec-Abrasco.

PMBOKPMBOK, Guia. (2013). Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (5a. ed.). Pennsylvania: PMI.

PRINCE2PRINCE2. (2009). Managing successful projects with prince2PRINCE2. United Kingdom: TSO.

Rampazzo, L.. (2005). Metodologia Científica: Para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. São Paulo: Loyola.

Schwaber, K. & Sutherland, J. (2013). Guia ScrumScrum. Recuperado em 12 outubro, 2015, de http://www.scrumScrumguides.org/docs/scrumScrumguide/v1/ScrumScrum-Guide-Portuguese-BR.pdf

Schwalbe, K. (2014) Information technology project management (7a. ed. rev.) EUA: Cengage Learning.

ScrumScrumAlliance. (2015) The 2015 State of ScrumScrum Report. Retrieved October 12, 2015, from https://www.scrumScrumalliance.org/why-scrumScrum/state-of-scrumScrum-report

Severino, A. J. (2007) Metodologia do Trabalho científico. (23a ed.) São Paulo: Cortez Editora.

Sommerville, I. (2003). Engenharia de Software (A. Ribeiro, trad.). São Paulo: Addison Wesley.

Sommerville, I. (2011). Engenharia de Software (I. Bosnic & K. Gonçalves). São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Triviños, A. N. S. (1987). Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas.

Vargas, R.V. (2000). Gerenciamento de Projetos: estabelecendo diferenciais competitivos. (2a. ed.) Rio de Janeiro: Brasport.

Vieira, D. (2014) ScrumScrum: A Metodologia Ágil Explicada de forma Definitiva. MindMaster. Recuperado em 12 outubro, 2015 de http://www.mindmaster.com.br/scrumScrum

Vitiello, J. (2001). Fast Track into Management. Computerworld. Retrieved November 29, 2015, from http://www.computerworld.com/article/2582357/it-skills-training/fast-track-into-management.html




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional