Modelo para Apoiar a Gestão da Alocação de Pessoas com Base na Demanda de Conhecimento

Felipe Tiago Eing Engelke Back, Leonardo Ensslin, Sandra Rolim Ensslin

Resumo


Modelo de Avaliação de Desempenho para apoiar a gestão da alocação de pessoas com base na demanda de conhecimentos, habilidades e aptidões quando do desenvolvimento de seus projetos, tendo como instrumento de intervenção o método Multicritério de Apoio à Decisão Construtivista (MCDA-C). É um estudo de caráter exploratório com abordagem quali-quantitativa. Ao final, permitiu identificar: (i) três grandes dimensões de preocupação do gestor para quem o modelo foi construído; (ii) 80 critérios que representam as preocupações associadas aos valores do Gestor (iii) construir escalas ordinais e cardinais para cada critério com seus níveis de referência e realizar a integração através das taxas de compensação; e para o Ponto de Vista Fundamental – Gestão: (iv) realizar e avaliar o diagnóstico da situação atual da alternativa analisada em 63 pontos, em uma escala cardinal; e (v) apresentar o modelo com proposta de ações de aperfeiçoamento que elevaram sua avaliação para 73.

DOI:10.5585/gep.v3i2.63


Palavras-chave


Avaliação de Desempenho; Gestão de Recursos Humanos; Análise de Decisão Multicritério.

Texto completo:

PDF

Referências


Azevedo, J. Aplicação da metodologia multicritério de apoio à decisão na seleção de centros de usinagem para uma central de usinagem. Aplicação da metodologia multicritério de apoio à decisão na seleção de centros de usinagem para uma central de usinagem. 2001.

Baird, L. & Meshoulam, I. Managing two fits of strategic human resource management. Academy of Management Review, p.116-128. 1988.

Bana e Costa, C. A. Três convicções fundamentais na prática do apoio à decisão. Pesquisa Operacional, v.13, n.1, p.9-20. 1993.

Bana e Costa, C. A. & Ensslin, L. Decision support systems in action: integrated application in a multicriteria decision aid process. European Journal of Operational Research, v.113, n.2, p.315-335. 1999.

Bana e Costa, C. A. B., de Corte, J. M. & Vansnick, J. C. On the mathematical foundations of macbeth. In: Multicriteria Decision Analysis: state of the art survey [edited by Greco, J. F. & Ehrgott, S. M.], Springer Verlag, Boston, Dordrecht, London,, 2005. 15–24 p.

Barzilai, J. On the foundations of measurement: IEEE, 2001. 401-406 vol. 1 p.

Brester, C., Tregaskis, O., Hegewisch, A. & Mayne, L. Comparative research in human resource management: a review and an example. International Journal of Human Resource Management, v.7, n.3, p.585-604. 1996.

Eden, C., Ackermann, F. & Cropper, S. The analysis of cause maps. Journal of Management Studies, v.29, n.3, p.309-324. 1992.

Ensslin, L., Dutra, A. & Ensslin, S. R. Mcda: a constructivist approach to the management of human resources at a governmental agency. International Transactions in Operational Research, v.7, n.1, p.79-100. 2000.

Ensslin, L., Giffhorn, E., Ensslin, S. R., Petri, S. M. & Vianna, W. B. Avaliação do desempenho de empresas terceirizadas com o uso da metodologia multicritério de apoio à decisão-construtivista. Pesquisa Operacional, v.30, n.1, p.125-152. 2010.

Ensslin, L., Montibeller, G. N. & Noronha, S. M. Apoio à decisão: metodologias para estruturação de problemas e avaliação multicritério de alternativas. Florianópolis: Insular. 2001.

Ensslin, L. & Vianna, W. B. O design na pesquisa quali-quantitativa em engenharia de produção–questões epistemológicas. Revista Produção Online, v.8, n.1. 2008.

Gil, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 1999.

Goodwin, P. & Wright, G. Decision Analysis for Management Judgment: John Wiley & Sons, Chichester 1998.

Hendriks, M., Voeten, B. & Kroep, L. Human resource allocation in a multi-project R&D environment:: Resource capacity allocation and project portfolio planning in practice. International Journal of Project Management, v.17, n.3, p.181-188. 1999.

Huselid, M. A. The impact of human resource management practices on turnover, productivity, and corporate financial performance. Academy of Management Journal, p.635-672. 1995.

Igarashi, D. C. C., Ensslin, S. R., Ensslin, L. & Paladini, E. P. A qualidade do ensino sob o viés da avaliação de um programa de pós-graduação em contabilidade: proposta de estruturação de um modelo híbrido. Revista de Gestão USP, v.43, p.117-137. 2008.

Jackson, S. E. & Schuler, R. S. Understanding human resource management in the context of organizations and their environments. Strategic human resource management, p.4-28. 1999.

Keeney, R. L. Value-focused thinking: A path to creative decision making.: Harvard University Press. 1992

Lado, A. A. & Wilson, M. C. Human resource systems and sustained competitive advantage: A competency-based perspective. Academy of Management Review, p.699-727. 1994.

Landry, M. A note on the concept of'problem'. Organization Studies, v.16, n.2, p.315. 1995.

Roy, B. Decision science or decision-aid science? European Journal of Operational Research, v.66, n.2, p.184-203. 1993.

Roy, B. (1994). On operational research and decision aid. European Journal of Operational Research, 73, 23-26.

Roy, B. (1996). Multicriteria Methodology for Decision Aiding. Kluwer Academic Publishers, Dordrecht.

Roy, B. (2005). Paradigms and Challenges, Multiple Criteria Decision Analysis – State of the Art Survey. In: Multicriteria Decision Analysis: state of the art survey [edited by Greco, J. F. & Ehrgott, S. M.], Springer Verlag, Boston, Dordrecht, London, 03-24.

Roy, B. & Bouyssou, D. Decision-aid: an elementary introduction with emphasis on multiple criteria. Information Science and Technology, v.2, p.109-123. 1993.

Schuller, R. S. & Macmillan, I. C. Gaining competitive advantage through human resource management practices. Human Resource Management, v.23, n.3, p.241-255. 1984.

Shenhar, A. J. One size does not fit all projects: exploring classical contingency domains. Management Science, p.394-414. 2001.

Skinner, W. The productivity paradox. Management Review, v.75, n.9, p.41-45. 1986.

Stewart, T. Dealing with uncertainties in Mcda. Multiple criteria decision analysis: State of the art surveys, p.445-466. 2005.

Wright, P. M., Dunford, B. B. & Snell, S. A. Human resources and the resource based view of the firm. Journal of Management, v.27, n.6, p.701. 2001.

Zimmermann, H. J. An application-oriented view of modeling uncertainty. European Journal of Operational Research, v.122, n.2, p.190-198. 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional