Inovação e Gestão de Projetos: Os “Fins” Justificam os “Meios”

Edson Coutinho da Silva, Antonio Carlos Gil

Resumo


O advento da globalização, a evolução dos meios de comunicação, aliados ao progresso dos recursos de tecnologia da informação, impuseram uma dinâmica de aceleração progressiva aos processos de mudança em geral. Este fenômeno tem feito com que cada vez mais as organizações busquem e renovem seus instrumentos de gestão, em prol aprimoramento de atividades e processos que lhes garantam a inovação de um determinado produto e/ou serviço. Ao mesmo tempo em que a globalização torna os mercados mais competitivos, o “cliente moderno” passa a ter mais opções e a ser mais exigente. É preciso que as organizações se adaptem a este novo cenário, de forma a cada vez mais oferecerem produtos e/ou serviços com maior qualidade e a preços mais competitivos. Dentre as medidas que podem ser tomadas para alcançar este objetivo, encontra-se a prática de gerenciar projetos de uma forma mais profissional e planejada. E para auxiliar os gerentes nesta prática, um campo da administração está em ascensão: a Gestão de Projetos a partir da metodologia do Project Management Institute (PMI). Com as constantes fusões, aquisições e, consequentemente, diversificações dos negócios das organizações no atual mundo globalizado, o gerenciamento de projetos pode ser uma opção para que as organizações superem seus desafios e obstáculos relacionados à inovação e, ao mesmo tempo, alcancem seus objetivos de resultados e crescimentos almejados.

DOI:10.5585/gep.v4i1.75


Palavras-chave


Inovação; Projeto; Gestão de Projetos.

Texto completo:

PDF

Referências


Balestrin, A.; Vargas, L. M.; Fayard, P. O Efeito Rede em Pólos de Inovação: Um Estudo Comparativo. FACEF Pesquisa, v. 8, n. 2, 2005.

Cleland, D. L.; Ireland, L. R. Gerência de Projetos. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 2002.

Cleland, D. L.; Ireland, L. R. Project Manager’s Portable Handbook. New York: McGraw-Hill, 2000.

Coral, E.; Ogliari, A.; Abreu, A. F. Gestão Integrada da Inovação: Estratégia, Organização e Desenvolvimento de Produtos. São Paulo: Atlas, 2008.

Drucker, P. Inovação e Espírito Empreendedor – Entrepreneurship: Práticas e Princípios. 5 ed. São Paulo: Pioneira, 1987.

Frame, J. D. Managining Projects in Organizations: How to Make the Best use of Time, Techniques and People. San Francisco: Jossey-Bass Publishers, 1995.

Hamel, G.; Prahalad, C. K. Competindo pelo Futuro: Estratégias Inovadoras para se obter o Controle de seu Setor e Criar os Mecanismos de Amanhã. Rio de Janeiro: Campus, 1995.

Heldman, K. Gerência de Projetos: Guia para o Exame Oficial do PMI. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

Keelling, R. Gestão de Projetos: Uma Abordagem Global. São Paulo: Saraiva, 2002.

Kerzner, H. Gestão de Projetos: As Melhores Práticas. Porto Alegre: Bookman, 2002.

Lima, S. M. V.; Castro, A. M. G.;Borges-Andrade, J. E.; Carvalho, J. R. P. Inovação e Gestão Tecnológica em Organizações: Um Modelo Integrador. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasilia, n. 21, n. 1, p. 83-103, 2004.

Maximiano, A. C. A. Administração de Projetos: Como Transformar Idéias em Resultados. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

Maximiano, A. C. A. O Gerente de Projetos: Um “Ator” com vários Personagens. Revista de Administração (FGV), São Paulo, v. 23, n. 2, 1998.

Maximiano, A. C. A. O Futuro da Gestão de Projetos. Jornal Valor Econômico. Caderno Empresas & Tecnologia, jan. 2005.

Meredith, J. R.; Mantel JR, S. J. Project Management: A Managerial Approach. 4 ed. Nova York: John Wiley & Sons, 2000.

OECD – Organization for Economic Co-Operation and Development. Oslo Manual: Guidelines for Collecting and Interpreting Innovation Data. 2005. 3 ed. European Comission: OECD. Disponível em: . Acesso em: 05 de Março de 2009.

Oliveira C. D. O Papel da Inovação no Processo da Estratégia: Uma Pesquisa Qualitativa em Empresas Emergentes de Base Tecnológica, no Brasil. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2003.

PMBOK: A Guide to the Project Management Body of Knowledge. PMI. 4 ed., 2009.

PMBOK: A Guide to the Project Management Body of Knowledge. PMI. 5 ed., 2012.

Rabechini Jr., R. O Gerente de Projetos na Empresa. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

Schumpeter, J. A. Capitalismo, Socialismo e Democracia. Rio de Janeiro: Zahar, 1984.

Shtub, A.; Bard, J. F.; Globerson, S. Project Management Engineering, Technology and Implementation. New Jersey: Prentice Hall, 1994.

Takahashi, S.; Takahashi, V. P. Gestão de Inovação de Produtos: Estratégia, Processo, Organização e Conhecimento. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Valeriano, D. L. Gerência em Projetos: Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia. São Paulo: Makron Books, 1998.

Valeriano, D. L. Moderno Gerenciamento de Projetos. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

Viana, R. V. Gerenciamento de Projetos: Estabelecendo Diferenciais Competitivos. 6 ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional