Gerenciamento de Projetos Segundo o Guia PMBOK: Desafios para os Gestores

David Ferreira Bomfin, Paula Cristine de Ávila Nunes, Flávio Hastenreiter

Resumo


Analisamos, dentre as dificuldades e facilidades mapeadas na literatura, quais e por que as mesmas estão presentes no processo de gerenciamento de projetos com base no guia PMBOK. Verificamos quais os possíveis argumentos que os gestores vivenciam no gerenciamento de projetos no que diz respeito aos sucessos e fracassos apresentados. O estudo se concentrou em profissionais com certificação PMP por apresentarem o conhecimento em Gerenciamento de Projetos com base no guia PMBOK e, por ser uma área de crescimento onde as empresas buscam profissionais com melhores práticas e vantagem competitiva. Valendo-se do questionário estruturado como instrumento de coleta de dados e analisando os resultados, os principais pontos encontrados dizem respeito ao tempo em que os gerentes lidam com gerenciamento de projetos, as dificuldades encontradas pelos gerentes em sua prática profissional, a área do PMBOK com maior dificuldade de ser gerenciada, os itens que geram sucessos e fracassos nos projetos. A entrevista semi-estruturada evidenciou que o gerenciamento de projetos apresenta algumas dificuldades presentes na prática profissional dos gerentes. Sugerimos investigar melhor o impacto que a certificação PMP proporciona aos gerentes de projetos e se a relação maturidade organizacional e experiência em gerenciamento de projetos é fator de sucesso para o projeto.

DOI:10.5585/gep.v3i3.78


Palavras-chave


Gerenciamento de Projetos; PMBOK; Sucessos e Fracassos.

Texto completo:

PDF

Referências


Alves , J. B., Jr. (2009). Gerenciamento de projetos em TI: uma análise sobre a possibilidade de aplicação da estrutura motivacional sugerida pelo Project Management Body of Knowledge – PMBOK – em uma empresa pública. (Dissertação de Mestrado em Administração). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Cleland, D. I., & Ireland, L. R. (2007). Gerenciamento de Projetos. Rio de Janeiro: LTC.

Fonseca, S. U. L. (2006). Benefícios da adoção do modelo PMBOK no desenvolvimento e implantação do projeto de tecnologia da informação de um operador logístico: um estudo de caso da Word Cargo. (Dissertação de Mestrado em Gestão de Negócios. Universidade Católica de Santos. Santos, São Paulo, SP, Brasil.

Keeling, R. (2005). Gestão de projetos: uma abordagem global. São Paulo: Saraiva.

Kerzner, H. (2010). Gestão de projetos: as melhores práticas. Porto Alegre: Bookman.

Kiste, G., & Moraes R. O. (2011). Competências em Gestão de Projetos de TI. Revista Gestão e Projetos GeP, 2(2), 166-183.

Lopes, R. O. A. (2010). Projetos: Deliberados ou Emergentes: As Práticas em Gerenciamento de Projetos e as Estratégia empresarial. (Dissertação de Mestrado em Administração). Fundação Getúlio Vargas. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Machado, C. S. (2002). O emprego da metodologia PMBOK para subsidiar a implantação da norma de segurança a informação. Anais dos Encontro Nacional de Engenharia de Produção, ENEGEP, Curitiba, PR, Brasil, 22.

Maximiano, A. C. A. (2002). Administração de projetos. São Paulo: Atlas.

Menezes, L. C. M. (2003). Gestão de projetos. 2. ed. São Paulo: Atlas.

Motta, P. R. (2002). A ciência e a arte de ser dirigente. Rio de Janeiro: Record.

Phillips, J. (2003). Gerência de projetos de tecnologia da informação: no caminho certo do início ao fim. Rio de Janeiro: Campus.

PMBOK. (2008). Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos. [Manual]. Global Standard. Campus Boulevnad: Newtown Square.

PMI. (2006). Project Management Institute. Projetos: um guia simplificado. [Manual]. Rio de Janeiro: Brasil Chapter.

PMIMG. (2011). Project Manegement Institute Minas Gerais. Recuperado em 10 de setembro de 2011 de http://www.pmimg.org.br/principal/tudo-sobre-certificacao/certifica-o-pmp/.

Prado, D. S. (2003). Gerenciamento de projetos nas organizações. Belo Horizonte: Desenvolvimento Gerencial.

Silva, S. D., Jr. (2009). Relações entre os fotores críticos para a maturidade em gerenciamento de projetos e a gestão estratégica organizacional. (Dissertação de Mestrado em Administração). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS, Brasil.

Santos, F. B., & Passos, F. U. (2011). Satisfação de Gerentes conduz á maturidade em Gestão de Projetos? Um estudo de caso no SERPRO. Revista Gestão e Projetos GeP,2(1), 143-173.

Torreão, P. G. B. C. (2005). “Project Management Knowledge Learning Environment”: Ambiente inteligente de aprendizado para educação em gerenciamento de projetos. (Dissertação de Mestrado em Ciência da Computação. Universidade Federal de Pernambuco. Recife, PE, Brasil.

Valle, A. B., Soares, P. C. A., Finocchio, J. Jr., & Silva L. S. F. (2007). Fundamentos do gerenciamento de projetos. Rio de Janeiro: FGV.

Vargas, R. V. (2005). Gerenciamento de projetos: estabelecendo diferenciais competitivos. Rio de Janeiro: Brasport.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional