Fatores Organizacionais em Gestão de Portfólio de Projetos: Uma Proposta de Estrutura Conceitual à Luz da Literatura

Claudio Luis Carvalho Larieira, Alberto Luiz Albertin

Resumo


Investimentos podem ser gerenciados sob a forma de portfólios com o objetivo de diminuir riscos, aumentar retornos e garantir maior efetividade dos investimentos. Algumas empresas procuram gerenciar seus investimentos usando a abordagem de projetos, criando assim a Gestão de Portfólio de Projetos (GPP). Além das questões técnicas ou metodológicas, outros fatores estão presentes neste processo, tais como o conhecimento e envolvimento das pessoas, a integração com outros processos da organização, as questões de âmbito político, o modelo de gestão adotado, a cultura organizacional, etc. Autores discutem a influência destes fatores organizacionais na GPP, porém o fazem de maneira pontual e fragmentada. Este artigo tem por objetivo investigar a partir da literatura quais são os fatores organizacionais que influenciam a GPP. É proposta uma estrutura que agrupa e consolida os fatores encontrados, o que permitirá às empresas identificar e entender quais fatores organizacionais influenciam a GPP e assim possam se preparar de maneira mais adequada para a implantação deste processo.

DOI:10.5585/gep.v4i2.97


Palavras-chave


Projetos; Gestão de Portfólio de Projetos; Fatores Organizacionais.

Texto completo:

PDF

Referências


Archer, N.P., & Ghasemzadeh, F. (1999). An integrated framework for project portfólio selection. International Journal of Project Management, Reino Unido, Vol. 17, nro. 4, p. 207–216.

Artto, K. A., & Dietrich, P. H. (2007). Strategic business management through multiple projects. New Jersey: John Wiley & Sons.

Barros, L. A., & Mello, C. H. P. (2009). Análise de critérios de sucesso para a gestão de portfólio de projetos em uma multinacional da área química. In: XIV Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais (SIMPOI), São Paulo.

Blomquist, T., & Muller, R. (2006). Practices, roles and responsibilities of middle managers in program and portfólio management. Estados Unidos: Project Management Journal, Vol. 37, Nro. 1, p. 52-66.

Carneiro, K. D. A., & Martens, C. D. P. (2012). Análilse da maturidade em gestão de portfólio de projetos: o caso de instituição financeira de pequeno porte. Revista de Gestão e Projetos – GeP: São Paulo, Vol. 3, nro. 1, p. 252-279, janeiro/junho.

Christiansen, J. K; & Varnes, C. (2008). From models to practice: decision making at portfólio meetings. International Journal of Quality & Reliability Management, Vol. 25, Nro. 1, p. 87-101.

Cleland, D. I., & Ireland, L. R. (2002). Gerência de projetos. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso Editores.

Cooper, R. G., Edgett, S. J., & Kleinschimidt, E. J. (2000). New problems, new solutions: making portfólio management more effective. Industrial Research Institute, Vol. 43, nº 2.

Dinsmore, P. C., & Cabanis-Brewin, J. (2009). Manual de gerenciamento de projetos. Rio de Janeiro: American Management Association (AMA).

Dooley, L., Lupton, G., & O’Sullivan, D. (2005). Multiple project management: a modern competitive necessity. Journal of Manufacturing Technology Management, Vol. 16, Nro. 5, p. 446-482.

Englund, R. L., & Graham, R. J. (1999). From experience: linking projects to strategy. Journal of Product Innovation Management. Vol. 16, Issue 1, January, p. 52-64.

Engwall, M., & Jerbrant, A. (2003). The resource allocation syndrome: the prime challenge of multi-project management? International Journal of Project Management, Vol. 21, p. 403-409.

Fernandes, M. M., Silva, M. B., & Turrioni, J. B. (2010). Modelo teórico-conceitual para gestão de portfólio de projetos Seis Sigma. Revista de Gestão e Projetos – GeP: São Paulo, Vol. 1, nro. 2, p. 03-25, julho/dezembro.

Guedes, R. M. et al. (2011). Alinhamento do portfólio de projetos à estratégia das organizações: um estudo exploratório quantitativo. In: XVI Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais (SIMPOI), São Paulo.

Harrison, F. L. (1992). Advanced project management: a structured approach – third edition. Aldershot (England): Gower House.

Jayme, A. C. W. Z; Perrone, A., Monteiro, O., Torres, T. C. R., & Eichmann, V. (2006). Gestão de portfólio de projetos – Qual é o principal fator crítico para a gestão de portfólio de projetos no setor público e privado. 92 p. Monografia (Pós-graduação em Gerência de Projetos), Fundação Getulio Vargas, Curitiba, PR.

Jeffery, M., & Leliveld, I.. (2004). Best practices in IT portfólio management. MIT Sloan Management Review, Boston.

Kerzner, H. (2006). Gestão de projetos – As melhores práticas – 2ª. edição. Porto Alegre: Bookman.

Killen, C. P., Hunt, R. A., & Kleinschmidt, E. J. (2008). Project portfólio management for product innovation. International Journal of Quality & Reliability Management, Vol. 25, Nro. 1, p. 24-38.

Markowitz, Harry M. (1959). Portfólio selection. Cowles Foundation for Research in Economics at Yale University.

Mariano, A. D. (2008). Gerenciamento de portfólio de projetos: fatores críticos de sucesso e impactos sobre os resultados organizacionais. 109 p. Dissertação (Mestrado em Administração), Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo.

Martin, C. C. (1976). Project management: how to make it work. New York: AMACOM.

Martinsuo, M., & Lehtonen, P. (2007). Role of single-project management in achieving portfólio management efficiency. International Journal of Project Management, Vol. 25, p. 56-65.

McFarlan, F. W., McKenney, J. L., & Pyburn, P. (1983). The information archipelago: plotting a course. Boston: Harvard Business Review.

Meredith, J. R., & Mantel, S. J., Jr. (1985). Project management: a managerial approach. Estados Unidos da América: John Wiley & Sons.

Moeckel, A., & Forcellini, F. A. (2009). Qualidade da informação na gestão de portfólio durante o planejamento estratégico de produtos. Revista Innovare, 8a. Edição, julho-dezembro.

Pennypacker, J. S. (2005). PM Solutions’ Project Portfólio Management Maturity Model. Center for Business Practices, Havertwon (Pennsylvania/USA).

Pinto, J. K., & Slevin, D. P. (1988). Critical success factors in project implementation. Estados Unidos da América: John Wiley & Sons.

Project Management Institute(PMI) (2008a). A guide to the project management body of knowledge (PMBOK Guide) – fourth edition. Pennsylvania: PMI.

______ (2008b). Standard for portfólio management. Estados Unidos da América: PMI Bookstore.

Rabechini, R., Jr. Maximiano, A. C. A., & Martins, V. A. (2005). A adoção do gerenciamento de portfólio como uma alternativa gerencial: o caso de uma empresa prestadora de serviço de interconexão eletrônica. Revista Produção: São Paulo, Vol. 15, nro. 3, p. 416-433, setembro/dezembro.

Wheelwright, S. C., & Clark, K. B. (1993). Managing new product and process development. The Free Press, Estados Unidos da América.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional