A Perspectiva Co-Evolucionária e sua Aplicação à Teoria das Organizações

Flavia Luciane Scherer, Lúcia Rejane da Rosa Gama Madruga

Resumo


Neste artigo são apontados os fundamentos e as possibilidades dos estudos co-evolucionários, os requisitos e as dificuldades para desenvolver tais estudos, bem como são discutidos alguns dos quadros teóricos centrais em teoria das organizações, sob a perspectiva da co-evolução (Lewin e Volberda, 1999). A partir disto, são identificados os possíveis elos que podem ser estabelecidos entre diferentes lentes de estudo, quando integradas em um estudo co-evolucionário. Tais ligações são traçadas tomando-se a análise da teoria institucional (DiMaggio e Powell, 1991; Meyer e Rowan, 1991; Scott, 1995), do enfoque dos custos de transação (Williamson, 1981) e da teoria das relações sociais na ação econômica (Granovetter, 1992). Desta forma, espera-se contribuir para a discussão sobre as possibilidades de maior integração nos estudos organizacionais, quando se chama atenção para a importância de avançar em direção a uma visão mais integradora, que considere as macro dinâmicas sociais e econômicas e seus impactos no nível da firma (efeitos em termos de formato, de identidade, de cultura e de processos de aprendizagem), assim como s relações inversas – da firma para o macro ambiente.

DOI:10.5585/gep.v3i2.98


Palavras-chave


Estudos Organizacionais; Co-evolução.

Texto completo:

PDF

Referências


Coase, Ronald H. The nature of the firm. In: Stigler, J. G.; Boulding, K. E. (eds). Readings in price theory. Homewood : Irwin, 1937.

Dimaggio, Paul J. e Powell, Walter W. The iron cage revisited: institutional isomorphism and collective rationality in organizational fields. In: Powell e Dimaggio. The new institutionalism in organizational analysis. pp. 63-82. Chicago: The University of Chicago Press, 1991.

Granovetter, Mark. Economic action and social structure: the problem of embeddedness. In: Granovetter e Swedberg (ed.s.). The Sociology of Economic Life. Oxford: Westview Press, 1992.

Lewin, Arie Y. e Volberda, Henk W. Prolegomena on Coevolution: a framework for research on strategy and new organizational forms. Organizational Science: v.10, n.5, sept.-oct. 1999, pp.519-534.

Lewin, Arie Y., Long, Chris P. e Carroll, Timothy N. The coevolution of new organizational forms. Organizational Science: v.10, n.5, sept.-oct. 1999, pp.535-550.

Meyer, John W. e Rowan, Brian. Institutionalized organizations: formal structure as myth and ceremony. In: Powell e Dimaggio. The new institutionalism in organizational analysis. pp. 41-62. Chicago: The University of Chicago Press, 1991.

Powell, Walter W. Neither market nor hierarchy: network forms of organization. In: THOMPSON, G. et al. (ed.s.). Markets, hierarchies and networks: the coordination of social life. London: Sage Publications, 1991.

Reed, Michael. Teorização organizacional: um campo historicamente contestado. In: Cleg, Stewart et al. Handbook de estudos organizacionais. v.1. São Paulo: Atlas, 1999.

Rodrigues, Suzana e Child, John. Co-evolution in an institutionalized environment. Journal of Management Studies. V. 40, n.8, dec. 2003, pp.2137-2162.

Scott, W. Richard. Institutions and organizations. London : Sage, 1995.

Simon, Herbert A. Administrative behavior: a study of decision-making process in administrative organization. New York : Macmillan Company, 1948.

Volberda, Henk H. e Lewin, Arie Y. Co-evolucionary dynamics within and between firms: from evolution to co-evolution. Journal of Management Studies. V. 40, n.8, dec. 2003, pp. 2111-2137.

Williamson, Oliver. The economics of organization: the transaction cost approach. American Journal of Sociology, v. 87, n. 3, pp.549-577, nov. 1981.

______. Markets and hierarchies: analysis and antitrust implications. New York : Free Press, 1975.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585/10.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista de Gestão e Projetos e-ISSN: 2236-0972
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional